quinta-feira, julho 30, 2015

É pimba na gorduchinha e bola no filó!


No que se parecem, o sexo e o futebol?... No futebol, como no sexo, as pessoas suam ao mesmo tempo, avançam e recuam, quase sempre vão pelo meio, mas também caem para um lado ou para o outro, entram por trás, ocupam todos os espaços, fazem cera e às vezes há um deslocamento involuntário pela zona do agrião. No dois é importantíssimo ter jogo de cintura.

No sexo, como no futebol, muitas vezes acontece um cotovelaço no olho sem querer, um impedimento mal marcado ou um desentendimento que acaba em expulsão. Aí um vai para o chuveiro mais cedo.

Dizem que a única diferença entre uma festa de amasso e a cobrança de um escanteio é que na grande área não tem música, porque o agarramento é o mesmo, e no escanteio também tem gente que fica quase sem roupa.

Também dizem que uma das diferenças entre o futebol e o sexo é a diferença entre camiseta e camisinha. Mas a camisinha, como a camiseta, também não distingue, ela tanto pode vestir um craque como um medíocre.

No sexo, como no futebol, você amacia no peito, bota no chão, cadencia, e tem que ter uma explicação pronta na saída para o caso de não dar certo.

No futebol, como no sexo, tem gente que se benze antes de entrar e sempre sai ofegante.

No sexo, como no futebol, tem o feijão com arroz, mas também tem o requintado, a firula e o lance de efeito. E, claro, o lençol.

No sexo, como no futebol, também tem gente que vai direto no calcanhar, os que exigem primeiro um beijo na pelota e os que querem entrar com bola e tudo.

E tanto no sexo quanto no futebol o som que mais se ouve é aquele “uuu”.

No fim sexo e futebol só não são diferentes, mesmo, em duas coisas. No futebol não se pode usar as mãos. E o sexo, graças a Deus, não é organizado pela CBF.

quarta-feira, julho 29, 2015

Por que o Bananão vai de mal a pior?...


Na semana passada, durante mais uma etapa da “Operação Lava-Jato”, foi apreendida na casa de um dirigente da Odebrecht uma agenda positiva supostamente pertencente ao ex-presidente Lula, onde o ex-metalúrgico registrava metodicamente suas tarefas diárias. Em mais um furo de reportagem, você agora vai ficar sabendo como era o dia-a-dia do grande estadista:

11h00 – Acordá. Lembrá que o penico fica do lado esquerdo.

11h15 – Lavá os pé.

11h30 – Mandá a Marisa levantá e fazê o café da manhã.

11h40 – Jogá o penico na Marisa.

12h00 – Café da manhã. Lembrá que tapioca com doce-de-leite dá dor de barriga.

12h10 – Sortá um barro.

13h00 – Ir pro Palácio.

13h10 – Perguntá do Zé Dirceu se tem alguma coisa pra fazê.

13h15 – Perguntá pro Zé Dirceu se eu posso ir embora.

13h20 -  Dizê pro Zé Dirceu que vagabundo é ele e a mãe dele.

13h30 – Inventá uma metáfora.

14h00 – Almoço. Lembrá que torresmo, costela e cachaça de cabeça dá dor de barriga.

14h30 – Sortá um barro.

15h00 – Perguntá pro Zé Dirceu se eu posso ir embora.

15h05 – Dizê pro Zé Dirceu que vagabundo é ele e a mãe dele.

16h00 – Lê jornal

16h05 – Ligá pro Zé Dirceu e contá que meu horóscopo não tá bom.

16h10 – Dizê pro Zé Dirceu que vagabundo é ele e a mãe dele

17h00 – Lanchá. Lembrá que pão com maionésia, mortadela e guaraná dá dor de barriga.

17h30 – Sortá um barro.

18h00 – Ir pra casa sem contá pro Zé Dirceu.

22h00 – Vê novela.

22h30 – Sortá um barro e dormir.

22h35 – Lembrá que eu tenho de sortá um barro ANTES de dormir.

terça-feira, julho 28, 2015

Alimentos afrodisíacos e outras lendas urbanas!


Afrodisíaco é qualquer negócio que sirva para aumentar o prazer sexual. Vem de Afrodisia, um festival grego em homenagem à deusa Afrodite, a mesma que emprestou seu nome latino (Vênus) para a camisa mais famosa do mundo. Poucas foram as comidas que em um tempo ou outro não foram consideradas afrodisíacas: ostras, quiabos, aspargos, cogumelos, tomates, bulbos de tulipa, etc.

Paulinus, um sacanólogo medieval, recomendava mijo de touro, cristas de galo, trolha de burro, sangue de pardal e outras delicatesses, cuja simples menção é suficiente para brochar o locutor que vos fala. Sangue menstrual, placenta de antílope, culhões humanos, esperma de anões misturado com titica de falcão e cérebro ainda quente de criminosos decapitados também aparecem cm várias receitas consideradas antibrochantes desde a época em que o Kama-sutra foi escrito.

As Amazonas acreditavam que se cortassem uma perna dos prisioneiros, o chamado membro viril dele ficaria ainda mais viril. Tanto acreditavam que usavam esta técnica para elas próprias: amputavam o seio direito das meninas, certas de que, com isso, o braço direito receberia nutrimento sanguíneo adicional e ficaria mais forte para dobrar o arco. Um rei cíntio perguntou para a rainha amazona Antianara: “Por que seus escravos todos não têm uma perna?”. Recebeu como resposta um sorrisinho irônico.

Mas se você é um desses caras que já está comemorando aniversário de impotência, muita gente boa recomenda pó de chifre de rinoceronte, que é vendido caríssimo por toda a África equatorial. Se você estiver mesmo a perigo, dê um pulo até Nairobi, mas leve um especialista consigo, pois a maioria dos vigaristas em vez de chifre de rinoceronte vende mesmo é osso moído de porco, que não mata, mas também não levanta. De qualquer modo o freguês tem que ser muito brocha mesmo pra acreditar nessas besteiras.

Querem saber o que funciona? Eu digo: é a mosca espanhola. Mas não saiam por aí caçando as moscas existentes nos restaurantes espanhóis. Mosca espanhola é apenas um apelido da cantárida, um tipo de inseto que, depois de morto, triturado e ingerido, excita a bexiga, a uretra e os órgãos sexuais. Vem sendo usada há séculos, com sucesso, em cavalos e touros que têm que trabalhar muito. Mas tem um troço chato: mata com uma facilidade incrível quando usada por leigos como vocês. A dose que levanta o mastruço é quase a mesma que o abaixa (bem como o seu dono) para sempre.

A estricnina apresenta o mesmo problema: seria um maravilhoso excitante sexual se não matasse o cliente antes dele poder concluir a bimbada. Muito amador acredita que o álcool é um estimulante sexual porque ele desinibe. Aceitem o conselho de um profissional: a hora de encher a moringa não é a mesma do alpinismo. O álcool, quando em excesso, torna o marmotão menos sensível, ocasião em que ocorre o famoso fenômeno da meia-bomba ou demi-bombê, como preferem os franceses.

O único negócio que funciona mesmo é o hormônio masculino conhecido como testosterona, que aumenta o desejo sexual em ambos os sexos e, às vezes, é receitado para a cura da impotência total. Mas se tomado por homens potentes pode causar atrofia dos testículos e se tomado por garotinhas em busca de experiências excitantes, causa masculinização.

segunda-feira, julho 27, 2015

Um feirante na vida de uma mulher


Xico Sá

Nada melhor que uma mulher que acabou de chegar da feira. Sacola na mão, fome de viver, sorriso de princesa. Os vendedores de frutas, peixes e verduras são mestres na arte de reconhecer talentos e animar as moças com os seus adjetivos. Adjetivos às pencas, elogios às dúzias, mimos, dizeres, samba exaltação, graças.

Meia hora de uma mulher na feira vale mais do que um mês de análise, do que a onda de orientalismos tantos do mercado, do que a yoga, do que o mestre japonês das agulhas, do que uma banheira de sais, do que um dia na Oscar Freire...

Nem mesmo quando as mulheres estão acompanhadas, os feirantes dão sossego. Esperam você, jovem mancebo, se distanciar um pouco, dois, três passos, e tome gracejos e flertes à baciada. “Olha a manga, gostosa!”, bradam, administrando com malícia a vírgula e o duplo sentido na ponta da língua. “Ovo e uva boa!”, arriscam para as elegantes damas de preto. “Essa é modelo!”, capricham para as gazelas saltitantes. “Gisele!”. “Se eu fosse um peixe, eu seria um namorado!”.

É a boa guerra dos mascates. Eles vão no ponto, exatos como neurocirurgiões do desejo. Sabem de longe, por exemplo, quando uma mulher tem alguma encrenca com a idade. Em um segundo, sapecam um tratamento carinhoso:  “Pra mulher nova, bonita e carinhosa, eu não vendo... eu me dou todinho!” E mais: “Só vendo pra menores de 18 acompanhada pelos pais”.Em dias de chuva, mandam ver de acordo com o meteorologista: “Essa é enxuta até debaixo d'água”, alardeiam.

Um bom feirante reduz até os efeitos de uma TPM, de uma dívida nunca paga, de uma culpa que corrói o juízo, de um regime ainda sem resultados - elas ainda não sabem que uma polegada a mais, uma a menos, pouco importa para quem tem gosto de fato por mulher.

Nada como incentivar o caminho da feira mais próxima da sua casa para as mulheres. No Ceasa, então, os adjetivos saem a grosso e a varejo, na bacia ou nos caixotes. Os feirantes não mentem jamais. Eles sabem, mais do que ninguém, que em toda mulher, seja quem for, existe um traço ou um aspecto de beleza.

Afinal de contas, mulher é metonímia, parte pelo todo, você passa a apreciá-la por uma boca, um pé, uma orelha, uma mão, uma omoplata, um belo ilíaco ressaltado, uma saboneteira, uma marca sulcada de vacina, um corte no joelhinho esquerdo, uma cicatriz de artes de infância, uma bela bunda faceira, uma falsa magra, um umbiguinho do mundo, aquele tom cinza dos cotovelos da espera...

Na passarela dos feirantes, a insegurança feminina, mesmo naqueles dias em que o cabelo acorda brigando com as leis do cosmo, dissolve-se em segundos, num suspiro, na velocidade de um pastel, na ligeireza de um caldo-de-cana.

domingo, julho 26, 2015

Gossips para quem gosta de gossips


Chocolate e ouro – O novo segredo da pele da modelo Izabel Goulart, 30 anos e uma das 20 mais sexies do mundo, segundo o site Models, é aplicar no rosto máscara de choco-late com pó de ouro. Ela própria mostra isso no Instagram (dois milhões de seguidores), onde aparece também de biquíni, dois cocos nas mãos, anunciando “contagem regressiva para férias de verão”. Interessa?

Jesus Salva! – Nas rodas políticas bem-humoradas, a sigla JS nas anotações de Marcelo Odebrecht tem várias versões: para os petistas, significaria José Serra; para os tucanos, João Santana; e para os que acreditam na recuperação do empreiteiro pela fé é Jesus Salva.

Pedaladas esticadas – O julgamento das contas do governo Dilma Rousseff estava previsto para a primeira semana de agosto pelo TCU, mas deverá acontecer apenas no final do mês. Os ministros do tribunal acham que será preciso o prazo de um mês para analisar as pedaladas fiscais. Afinal, o governo usou período semelhante para apresentar sua defesa. E acima de tudo, eles têm uma preocupação maior: não querem ser acusados de um julgamento sumário com viés político. O Congresso deverá julgar antes contas de 12 governos anteriores, embora Renan Calheiros e Eduardo Cunha possam colocar 2014 na frente, furando a fila.

Lua-de-mel, nunca – Eduardo Cunha, presidente da Câmara, rompeu com o governo federal, com o qual, aliás, nunca chegou a viver um período de lua-de-mel desde que ele assumiu a presidência da Casa, no começo do ano. No primeiro semestre deste ano, 447 propostas foram aprovadas pela Câmara e apenas 15 eram de autoria do Executivo, ou seja, 3% desse total. No ano passado, o resultado foi melhor: 393 propostas votadas pela Câmara e desse total, 38 originários do governo federal, ou seja, 10%.

Chute – O ministro Edinho Silva (Secom) acaba de afirmar, a propósito da ideia de Lula conversar com Fernando Henrique Cardoso sobre a cena nacional, que essa prática é comum nos Estados Unidos. Não é verdade: esporadicamente, presidente em exercício e todos os anteriores podem participar juntos de um evento nacional, nada além disso. George W. Bush nunca chamou Bill Clinton para uma conversinha.

Mais panelaço – O PT fará cinco manifestações nas próximas semanas: será o Agosto pela Democracia, ou seja, atos devidamente preparados contra o impeachment. O primeiro será dia 6 de agosto, em São Paulo, coincidindo com o programa do partido na TV quando, certamente, a iniciativa será brindada por panelaços; dia 11, no Largo de São Francisco, quando será comemorada a data de fundação da Faculdade de Direito e no mesmo dia, em Brasília, a Marcha das Margaridas, com trabalhadores rurais. E outro ato dia 20, com o MST e a último, dia 24, data do suicídio de Vargas. O problema do PT será arregimentar militantes.

Trailler – O que mais desnorteou os advogados de Marcelo Odebrecht e de outros executivos de seu grupo, Marcio Faria, Rogério Araujo e Alexandrino Alencar (esse viajava sempre com Lula), depois que o juiz Sérgio Moro decretou nova prisão para todos, baseado em provas obtidas na Suíça, foi a frase final do documento. Moro assinalou: “Rigorosamente, a prova documental até torna desnecessário o próprio depoimento dos colaboradores como prova”.

Abrindo espaço – Não há nada de irregular na transferência de Marcelo Odebrecht e Otavio Azevedo para o Complexo Médico-Penal de Curitiba. Anteriormente, outros foram transferidos – e as acomodações são até melhores do que na carceragem da PF em Curitiba. Contudo, há quem aposte que o juiz Sérgio Moro esteja pronto para decretar novas prisões e precisa de celas vagas na Polícia Federal. Mais: quem tem mandato, fica mais tranquilo. Só pode ser preso em flagrante delito.

Menudo, outra vez – Quem diria: os rapazes do Menudo se reencontraram, estão fazendo uma turnê mundial e dia 12 de setembro vão se apresentar em São Paulo. Estarão no palco Ricky Meléndez, Charlie Massó e Ray Reeves. Ausente apenas Ricky Martin que se deu bem em sua carreira solo e frustrou meninas de todo o mundo, quando saiu do armário.

quinta-feira, julho 23, 2015

É possível comer a carne onde se ganha o pão? (final)


Muito bem, gafanhoto, você desistiu de comer a mulher do chefe e assestou sua bateria antiaérea para abater a mulher que é a sua chefe imediata. Ótimo. Ela tem tanto interesse em esconder o caso quanto você. Mas é melhor para a sua saúde e a sua carreira que a iniciativa parta dela. Porque se você tomar a iniciativa e ela te der um corte de navalha na lata (“Não se enxerga não, inferno?! Tô dizendo...”), seu emprego foi pra casa do chapéu. E, nessa crise econômica permanente, perder o emprego só é melhor pouquinha coisa do que torcer pelo Vasco da Gama no campeonato brasileiro. Sei disso porque sou cruzmaltino.

No mais, a ansiedade de performance (a causa mais comum de flacidez no órgão envolvido na operação) estará no pico. Uma falha aqui pode ser ainda mais desastrosa do que o normal (como se o normal não fosse desastroso o suficiente). O rompimento também não costuma ser dos mais fáceis. Se você já assistiu ao filme em que a Demi Moore transforma a vida do Michael Douglas em um inferno já sabe bem do que se trata.

Se a sua próxima alternativa for bancar o predador de colegas de empresa em festa no trabalho, fique esperto. Amadores se concentram na palavra “festa”. Profissionais, na palavra “trabalho”. Festa no trabalho não é festa. É extensão do trabalho. Ponto. Taí o grande Miguel Mourão que não nos deixa mentir.

As regras da festa no trabalho são as mesmas da empresa. Portanto, apareça, sorria e saia (sóbrio) antes de o primeiro idiota ficar bêbado, começar a abraçar o chefe e pedir pra ele cantar “Maluco Beleza”, do Raul Seixas. Sim, a Claudinha vai estar lá, vai encher a cara e vai insinuar que de repente, quem sabe?

Mas quando o primeiro babaca começar a dançar Gangnam Style usando a gravata como chicote, você deve estar bem longe – de preferência na festa de escritório de uma empresa com a qual você não tenha o menor vínculo.

Resumo da ópera: pessoas com bom senso não têm casos no trabalho. Foram elas que criaram a frase “Onde se ganha o pão…” (você sabe o resto).

Tony Soprano, o macho-alfa supremo, citava seus antepassados italianos para dizer “Non cagare dove mangi”. Menos elegante, certo, mas você pegou o espírito da coisa.

Pessoas com bom senso vivem mais e mais tranquilamente. Os outros, evidentemente, se divertem muito mais. Escolha o seu lado e boa sorte, gafanhoto! Depois não diga que não avisei.

quarta-feira, julho 22, 2015

É possível comer a carne onde se ganha o pão? (3)


Se você está pensando que vai descolar uma promoção pegando a mulher do chefe, gafanhoto, vá com calma que isso é danado pra dar capim na palheta. A não ser que você tenha se convertido recentemente ao fundamentalismo do Estado Islâmico e acredite naquela conversa fiada de que sendo mártir em uma guerra santa (“jihad”) receberá de prêmio 171 virgens saradas no sétimo céu. Pelas barbas do profeta, gafanhoto, se oriente!

Sim, sei, sabemos, é uma decisão corajosa e quase suicida, não é? Mas não muito original. Pegue os gorilas, por exemplo. A maior parte dos gorilas adultos abandona sua comunidade natal e vai em busca de fêmeas em outros agrupamentos. Outra parte, entretanto, permanece no grupo em que cresceu, vira subordinada do macho alfa e busca conseguir favores sexuais das fêmeas, sempre escondido do líder.

A palavra-chave aqui é escondido. O gorila costuma atacar com extrema ferocidade os machos que se aproximam de suas fêmeas. Como um gorila adulto pode pesar 200 quilos, você faz a conta do tamanho do risco. Essa estratégia reprodutiva dos machos beta vem funcionando porque os gorilas desconhecem a instituição do divórcio. E, consequentemente, nenhum naturalista NUNCA flagrou uma fêmea gorila dizendo: “E tem mais: eu dei para seu empregado, o fulano. E ele é melhor na cama do que você”.

Ou seja, entre nessa por sua conta e risco. É divertido se vingar do cara que enche o seu saco quando você se atrasa. É divertido, num sábado à noite, na mesa de um boteco, falar para seus parceiros: “Conhece a fulana, aquela socialite cheia de marra, esposa do meu chefe? Estou comendo. E é barba, cabelo e bigode...” É divertido se sentir admirado pelos seus parceiros como se você fosse o próprio sal da terra. Mas a sua proteção é inversamente proporcional à força do casamento dele. E a fêmea do casal transou com você.

Ah, sim, GrigoriyRasputin – o famoso místico e picareta russo – fez isso com a czarina Alexandra Feodorovna. Não contente em assassiná-lo, o príncipe Yussopoff ainda providenciou para que ele fosse sodomizado e castrado antes do fim. Tudo isso em um jantar oferecido pelo próprio Yussopoff em sua mansão imperial. O que nos ensina duas lições valiosas: 1. O príncipe era um péssimo anfitrião; 2. Transar com a mulher do chefe gera ressentimentos.

terça-feira, julho 21, 2015

É possível comer a carne onde se ganha o pão? (2)


Se você não sabe a diferença entre casos e relacionamentos no ambiente de trabalho, gafanhoto, então fique esperto. Um caso é aquilo que Cole Porter descreveu na canção “Just One Of Those Things”: “A trip to the moon on gossamer wings”. Uma viagem para a Lua feita com asas de teias de aranha. Ou, colocado de forma menos poética: relacionamento é aquele em que você pensa nos colegas que vai convidar para o seu casamento. Caso é aquele em que você pensa o quanto estará fodido se os colegas descobrirem o que você anda fazendo.

Olhe para o organograma da empresa. Veja o retângulo que representa a sua posição. Olhe para as linhas que o ligam aos retângulos de baixo. Pois bem, todos esses retângulos são estritamente off-limits. Estão interditados. Se você estiver no início do organograma, tudo abaixo dele está proibido. Além disso, se você está no topo da cadeia alimentar, deve ser mais fácil para você arrumar distrações fora do escritório, não é? (Se não, você escolheu o emprego errado e é tarde demais para fazer correção na bússola.)

Se você tiver dúvidas, lembre-se de Bill Clinton. Ele tinha mais poder do que você. Teve uma porção de amantes. Qual deu mais dor de cabeça? Exato. Isso é chamado de Lei Lewinsky. O fato de ela nem precisar estar escrita mostra quanto é vital para a sobrevivência.

Sua secretária, por exemplo. Só um completo amador tem caso com a mulher que atende a seus telefonemas pessoais, tem acesso à sua prestação de contas de viagens e deve despistar os outros nos almoços dos quais você só retorna às 4 da tarde. Ter caso com uma secretária pode ser bom – desde que ela atenda um executivo de outra área. Especialmente da auditoria ou do RH. Conhecimento é poder.

Apelar para twitter, celular, facebook, e-mail? Respectivamente: não, nunca, de modo algum, você está louco? Veja o caso do general David Petraues, diretor da CIA. Taí um cara que deveria entender tudo sobre despiste e contrainformação. Por que ele perdeu o emprego? Troca de e-mails.

Outro envolvido no escândalo foi um agente do FBI chamado Frederick W. Humphries. Ele era esperto o bastante para ter evitado um ataque à bomba no aeroporto de Los Angeles, mas não o suficiente para saber que mulheres são muito menos sensíveis a estímulos visuais do que homens e que mandar suas fotos sem camisa por e-mail para uma gata não vai aumentar suas chances no plano sexual – e ainda por cima pode assombrar sua carreira para sempre.
O risco de você dar uma cantada digital numa colega de trabalho e a presepada virar motivo de piada no whatsapp de 100 mil desconhecidos é de 500%. Abra o olho!

É possível comer a carne onde se ganha o pão? (1)


A confusão começou quando a natureza entendeu que, na reprodução assexuada, as partes do organismo que se dividia carregavam os mesmos defeitos genéticos da célula-base. A partir daí, há cerca de 600 milhões de anos, a reprodução sexuada saiu na frente na corrida da evolução.

Um tempinho depois veio a ideia de juntar pessoas em um mesmo escritório. É claro que essa combinação ia trazer encrenca. Mas, por outro lado, não havia muita opção: os organismos unicelulares – embora menos sujeitos a distrações – são funcionários altamente improdutivos, o que provavelmente obrigou as empresas a colocar seres sexuados em seu lugar.

A consequência surgiu na forma de casos no trabalho. Devo ter um caso no trabalho? A pergunta está errada. A pergunta certa é: “Vou conseguir escapar de ter um caso no trabalho?” A resposta provavelmente é não.

Compare o número de horas que você passa no escritório com o tempo que passa na balada procurando companhia para compartilhar a sua carga genética. Some a isso o efeito “confinamento”. A Claudinha da contabilidade, por exemplo. Na balada, talvez ela recebesse uma nota 6. Provavelmente não estaria sequer entre os seus alvos preferenciais. Mas, na moldura de referência (procure no Google) específica da empresa, ela é a fêmea alfa, cobiçada pelo presidente e pelo office boy. Você vai acabar se sentindo tentado. Porque sexo com a fêmea alfa é uma afirmação de poder. Portanto, um imperativo biológico.

Pergunte para os bonobos, entre os quais a fêmea alfa frequente e publicamente se combina com os machos beta (mas não espere respostas muito elaboradas, lembre-se de que eles são macacos e estão mais interessados em fazer sexo do que em conversar com você). Além disso, as empresas costumam reprovar casos entre seus funcionários. Ou seja, transar com a Claudinha significa foder com ela e com seu empregador ao mesmo tempo.

É em razão do efeito “confinamento” que geralmente veterinários tendem a ter casos com veterinárias, bancários com bancárias e estrelas de cinema com outras estrelas de cinema (sem bem que, neste último exemplo, eles costumam ser extraordinariamente lindos e ricos; isso também pode ter algo a ver).

Existe uma presunção de que ambientes menos glamurosos estimulem menos a associação para fins reprodutivos. Errado. Transa-se tanto nos estúdios de Hollywood quanto na lotérica São Joaquim, no subúrbio de Hortolândia. Os envolvidos é que são menos glamurosos (ainda que os últimos contem com a vantagem de despertar menos interesse da imprensa). Misturar jogo de poder com sexo traz imensos problemas. E é por isso que você está imaginando a Claudinha de lingerie preta neste exato momento.

domingo, julho 19, 2015

Esqueça o ponto G: o quente é o ponto C!


Deixa eu te contar um segredo, gafanhoto: não é só com penetração que a mulher atinge o orgasmo, muito pelo contrário. Na maioria das vezes, o estímulo clitoriano é muito mais eficaz. Na mulher estimulada por fora, diretamente no clitóris – a cabecinha do clitóris fica pra fora, gafanhoto! –, o contato é mais intenso e desta maneira é bem mais fácil, pra ela, atingir o orgasmo.

A própria masturbação é uma prova de que se pode atingir o orgasmo sem que necessariamente ocorra uma penetração. Sim, gafanhoto, com a penetração o mesmo clitóris é estimulado, porém, entre o corpo do clitóris (que fica por dentro da vagina) e o corpo de pênis, há músculo e mucosa, fazendo com que este contato seja indireto.

Esqueça as bobagens que você já leu em livros: o clitóris é o ponto de prazer feminino, por isso, quando a cabecinha do clitóris é estimulada, com certeza, a mulher conseguirá ter um orgasmo. Claro que ela pode fazer isso friccionando um travesseiro ou uma almofada no clitóris, ou colocando o jato do chuveirinho sobre a cabeça do clitóris, ou estimulando com um vibrador de clitóris, ou simplesmente com o dedo, mas com a sua língua, gafanhoto, é muito melhor.

No caso de rolar penetração (ok, gafanhoto, você venceu!), aí vão algumas dicas para as moçoilas colocarem o seu clitóris em posição de destaque e garantir orgasmos cada vez melhores.

Upa, upa, cavalinho – Uma vez por cima, encaixe o pênis do parceiro e, então, comece a fazer os movimentos de vai e vem. Nessa posição a base do pênis ficará em contato com o clitóris o tempo todo.

Boneca de pano – Nessa posição, o que a senhorita tem que fazer para atingir o prazer é se concentrar. Deitados de lado, puxe a perna dele para cima, passando-as entre suas pernas, depois da penetração pressione seu bumbum contra ele e mantenha o ritmo.

Cavalgada de costas – De costas para o seu parceiro, sente-se sobre o corpo e deslize para frente e para trás com o ritmo que preferir. Sim, você pode comandar a situação e controlar a intensidade e o ritmo da transa.

Papai-mamãe avançado – Com as pernas esticadas e levemente afastadas para permitir a penetração, faça o parceiro erguer o corpo até alinhar o quadril dele ao seu e, ao invés de um movimento de entra e sai, movimente os corpos juntos, fazendo com que o clitóris fique o tempo todo em contato com a base do pênis.

Sentada na cadeira – Sente-se de frente para o seu parceiro e, apoiando os pés no chão, experimente os movimentos de sobe-e-desce com a variação que desejar. Vale fazer rotação em forma de oito com os quadris, balançar jogando-os mais para trás, fazer boquinha da garrafa ou o que vier à sua cabeça.

quinta-feira, julho 16, 2015

Os novos tipos de mulheres que estão fazendo sucesso no mercado


Mulher Camarão – Só tem merda na cabeça, mas você come assim mesmo porque é muito gostosa.

Mulher Caranguejo – É feia e peluda, mas você bate nela, limpa direitinho e depois  come.

Mulher Pão – Tem sempre o mesmo gosto, mas você come todo dia.

Mulher Aperitivo – Acompanhada de uma bebida, você come e ainda acha bom.

Mulher Maracujá – É toda enrugada, mas você come e depois sente vontade de dormir.

Mulher Lagosta – Só come quem tem dinheiro.

Mulher Caviar – Você sabe que alguém está comendo, mas não é ninguém que você conheça.

Mulher Bacalhau – Você só come uma vez por ano.

Mulher Arroz – É a oficial e você só come porque já está acostumado.

Mulher Maionese de Fim de Festa – Todo mundo te avisa pra não comer, mas você come porque tá desesperado. Aí passa tão mal, que se arrepende pelo resto da vida.

Mulher Coca-Cola – É pressão o tempo todo.

Mulher Engov – Você dá uma antes de sair, faz farra a noite toda, e quando volta pra casa, morto de bêbado, dá outra antes de dormir.

Mulher Ostra – Todo mundo fala bem a respeito, mas quando você vai comer não acha nada de mais.

Mulher Rã – Todo mundo já comeu, menos você.

Mulher Queijo Coalho – É meio quadrada, casca grossa e aguada, mas ainda assim dá pra comer.

Mulher Salada Russa – É muito bonita de ver, mas depois que acaba de comer você descobre que não era tão gostosa assim.

Mulher Marmita – Não é lá essas coisas, mas você come rapidinho.

Mulher Cafezinho de Supermercado – Você nem faz questão de pegar, mas como é de graça, você come.

Mulher Jiló – É  horrível, mas sempre tem alguém que come.

Mulher Docinho de Festa – Você fica com vergonha de chegar junto, aí vem outro, come e deixa você chupando o dedo.

Mulher Feijoada – Você come e ela fica te enchendo o dia todinho.

Mulher Espinafre – Te dá a maior força quando você está na pior.

Mulher Kriptonita - Enquanto você come, ela suga toda a tua energia, te deixando completamente destruído.

Mulher Coqueiro – Você pode trepar à vontade que não dá galho.

Mulher Miojo – Em três minutos já está pronta pra ser comida.

Mulher Coca 2 litros - Dá no mínimo pra seis.

Mulher Maverick – Mulher antiga que já esteve na moda e bebe pra caralho.

Mulher Wemaguete – Não passa de uma velha perua.

Mulher Bandeira de Pirata – É só pano e osso, mas quando não tem tu vai tu mesmo.

Mulher Sereia - É só espinha e rabo, mas você come porque quem fode cara é murro.

quarta-feira, julho 15, 2015

Aquela olhadinha – a que vem lá de baixo


Xico Sá

Nada como aquela olhadinha que ela dá quando lá embaixo. Ainda e pra sempre, da série “detalhes tão pequenos de nós dois”. A vida se resume a observar, microscópio de eros, rei Roberto e velho Nelson, a mulher e o seu drama.

Nada como aquela olhadela, sobrancelhas assanhadas, mirando lá de nossos países baixos cá para cima do nosso cocuruto alumbrado. Tão lindamente sacana, ah, que nega a minha nega, derreto-me como mantchega!

Ela quer saber se estou gostando, claro que estou mortinho ali no pré-gozo. Tem um orgulho, “vê como faço bem feito e com gosto”, ali naquela olhadinha plongé, contra-plongé, depende de quem vê...

Como eu gosto, ela diz, posso? Aperto com força os seus cabelos, resvalando numa fração de segundo para um carinho no rosto, lado esquerdo, com o lado B da mão e dedos, quiromancia e mistérios.

Ela desce lá naquele cantinho fronteiriço, desenha a história do olho com riscos da língua em círculos, lambe a última costura da minha pobre existência, nirvaniza-me, petitemort, e assina nossosbatismos lindos com lambidas góticas, assim  como quem escreve inocentemente na areia, coraçãozinho flechado, e o nome de quem aposta, como se o amor fosse um jogo do bicho.

Não resisto a olhadinha lá de baixo, vem cá, estou longe e perto, meu amor, tudo em volta está deserto, tudo certo, como na canção do 2 e 2 são cinco.

Como nosso universo é tão perfeito aqui na cama, só na cama, lá embaixo, na cama zen, japão do amor,  horizontalizo-me, para sempre, viro réptil, nunca mais me levanto, nunca mais me levanto e ando, odeio meus Lázaros internos, agora eu quero mais é nadar no seco, melhor jeito de navegar aos teus pés, e de vez em quando, quer saber?, afundo as mãos nos arrecifes e te dou um peixinho, como aquele do conto de Virgílio Piñera, que aprisiono nas profundezas sujas das nossas existências.

terça-feira, julho 14, 2015

É de profissionais assim que o mundo tá precisando...


O Dr. Paulo Ubiratan, de Porto Alegre (RS), em entrevista a uma TV local, foi questionado sobre vários conselhos que sempre nos são dados. Veja abaixo um resumo desta entrevista:

Pergunta: É verdade que exercícios cardiovasculares prolongam a vida?

Resposta: O seu coração foi feito para bater por uma quantidade de vezes e só... Não desperdice essas batidas em exercícios. Tudo gasta-se eventualmente. Acelerar seu coração não vai fazer você viver mais: isso é como dizer que você pode prolongar a vida do seu carro dirigindo mais depressa. Quer viver mais? Tire uma soneca!

P: Devo cortar a carne vermelha e comer mais frutas e vegetais?

R: Você precisa entender a logística da eficiência... O que a vaca come? Feno e milho. O que é isso? Vegetal. Então um bife nada mais é do que um mecanismo eficiente de colocar vegetais no seu sistema. Precisa de grãos? Coma frango.

P: Devo reduzir o consumo de álcool?

R: De jeito nenhum. Vinho é feito de fruta. Brandy é um vinho destilado, o que significa que, eles tiram a água da fruta de modo que você tire maior proveito dela. Cerveja também é feita de grãos. Pode entornar!

P: Quais são as vantagens de um programa regular de exercícios?

R: Minha filosofia é a seguinte: se não tem dor é porque está bom!

P: Frituras são prejudiciais?

R: VOCÊ NÃO ESTÁ ME ESCUTANDO?... Hoje em dia a comida é frita em óleo vegetal. Na verdade ficam impregnadas de óleo vegetal. Como pode mais vegetal ser prejudicial para você?

P: Flexões ajudam a reduzir a gordura?

R: Absolutamente, não! Exercitar um músculo faz apenas com que ele aumente de tamanho.

P: Chocolate faz mal?

R: Tá maluco?...  Cacau?! Outro vegetal. É uma comida boa pra gente ficar feliz. Lembre-se: a vida não deve ser uma viagem para o túmulo, com a intenção de chegar lá são e salvo, com um corpo atraente e bem preservado. Melhor enfiar o pé na jaca: cerveja em uma mão, tira-gosto na outra, muito sexo e um corpo completamente gasto, detonado, totalmente usado. Assim, você pode morrer tranqüilo, dizendo “Viver valeu demais! Que viagem!...” 

segunda-feira, julho 13, 2015

Outros motivos pelos quais é bom ser homem


Você não precisa sentir dor para ser pai.

A maioria esmagadora das empregadas domésticas é composta de mulheres, e quase sempre jovens; a maioria esmagadora dos empregados domésticos é composta de gays, e quase sempre velhos.

Seus amigos nunca vão te brindar com aquela chata pergunta: “vocês estão notando algo de novo?”

Os filmes pornôs são feitos quase que exclusivamente para você.

Você pode coçar o saco.

Um arroto seguido de um “desculpe”, se vindo de você, não é tão grave.

Se você encontrar algum outro homem com a mesma roupa numa festa, vocês podem fazer piadas a respeito e ainda se tornarem grandes amigos.

Você tem um relacionamento normal e saudável com a sua mãe.

Você é muito menos ofendido no trânsito.

Não gostar de uma pessoa não exclui uma ida ocasional ao motel.

Rugas nem pés-de-galinha tiram o seu sono.

Ser feio não é tão problemático, pois algumas mulheres não se importam.

Se uma mulher gostosa faz sucesso é quase certo encontrá-la nas páginas da Playboy, daqui a alguns meses.

Você tem total controle sobre as suas glândulas lacrimais.

Quando você vai à feira, não é importunado pelos feirantes.

Você pode urinar na beira de uma estrada sem provocar um engarrafamento monumental no trânsito.

Mesmo que as contas sejam divididas meio a meio, você ainda é o chefe da família.

Seu armário do banheiro tem sempre mais espaço, pois o único creme que você precisa usar é o de barbear.

As suas cuecas são lavadas na intimidade da área de serviço e não expostas no boxe do banheiro.

Suas noites de sono são mais tranquilas, pois as mulheres raramente roncam.

Quando você chega do trabalho pode sentar e relaxar; quando a mulher chega do trabalho, ela tem de fazer o jantar, botar as crianças pra dormir e arrumar a casa.

Se você tem muitas mulheres, você é um garanhão; se uma mulher tem muitos homens, ela é uma puta safada.

Você pode comer uma banana em frente a um canteiro de obras da construção civil.

O mundo é seu.

domingo, julho 12, 2015

Mais motivos pelos quais é bom ser homem


Você não tem de raspar nada abaixo do pescoço.

Se você tem 50 anos e continua solteiro, ninguém diz que você está no caritó.

Todas as partes do seu rosto ficam na sua cor natural a maior parte do tempo.

Você consegue ficar mais de meia hora em silêncio.

Você pode pensar em sexo em 90% do seu tempo sem que os outros te achem esquisito.

Você pode usar sunga branca na praia.

Três pares de sapato são mais do que suficientes.

Você não fica menstruado.

Brad Pitt não faz parte dos seus pensamentos cotidianos.

Ninguém para de contar uma piada suja se você entra na sala.

Você pode tirar a camisa no meio da rua num dia quente.

Ninguém te censura se o seu apartamento vive bagunçado.

Mecânicos te dizem a verdade.

Você não tem um ataque de nervos se ninguém notar o seu novo corte de cabelo.

Você nunca tem de dirigir ate outro posto de gasolina se aquele está muito sujo.

A ação da gravidade sobre os seus peitos não é importante.

Você pode sentar com os joelhos afastados independente da roupa que estiver vestindo.

Cabelos grisalhos te deixam charmoso e não com cara de bruxa de contos de fadas.

Alugar um smoking é muito mais barato que comprar o vestido de noiva.

Segundo as estatísticas, há muito mais mulheres no mundo do que homens.

Ninguém acha um absurdo você não saber cozinhar.

Você só retém líquido quando está  usando um cantil.

Você pode ser pai, mesmo com idade mais avançada.

Você pode visitar um velho amigo sem ter de obrigatoriamente comprar um presente.

Você pode comprar camisinhas sem que o balconista da farmácia fique te imaginando nu.

Você não precisa ir ao banheiro a cada 15 minutos para retocar a maquiagem.

Você consegue ir ao banheiro sozinho.

Algum dia você será um velho depravado, enquanto ela será uma velha fofoqueira.

Quando você engorda, se torna um gordinho simpático; quando uma mulher engorda, ela se torna uma mulher gorda.

quinta-feira, julho 09, 2015

Alguns motivos pelos quais é bom ser homem


Seus telefonemas não duram mais do que três minutos.

A nudez no cinema, em 99% dos casos, é feminina.

Um feriado prolongado requer apenas uma mochila.

Você assiste a uma partida de futebol sem perguntar por que uns podem pegar com a mão e outros não.

Você não se sente compelido a monitorar a vida sexual dos seus amigos.

Você pode abrir qualquer pote de qualquer coisa sem precisar de ajuda.

Você pode escolher quem vai chamar para dançar.

Seus velhos amigos não reparam se você ganhou peso.

Um corte de cabelo no barbeiro é mais rápido, pratico e econômico.

Ao mudar o canal da TV, você não precisa parar em todas as cenas em que alguém esta chorando.

Sua bunda nunca é um fator determinante numa entrevista para emprego.

Seus orgasmos são reais.

Você não precisa pintar as unhas nem perder tardes inteiras com a manicure.

Você não tem que carregar uma bolsa cheia de coisas inúteis.

Você sabe porque strip-teases são divertidos.

Sempre ha alguém batendo uma bolinha em algum lugar.

Você mantém o seu nome quando se casa.

Você não se sente compelido a arrumar a cama do hotel.

Quando seu trabalho é criticado, você não entra em pânico achando que todos a sua volta, secretamente te odeiam.

Seus amigos de verdade respeitam a sua namorada.

O uso da coação física sempre é uma saída honrosa.

Ninguém secretamente adora quando você tropeça.

Você nunca tem de limpar o banheiro.

Você consegue tomar banho e estar pronto em menos de 10 minutos.

Sexo ruim nunca acarretara problemas de reputação pois as mulheres não costumam comentar essas coisas entre si por medo da concorrência.

Avistar uma barata ou qualquer outro inseto não e motivo de pânico para você.

Se alguma pessoa esquece de te convidar para alguma coisa, ela continua sendo sua amiga.

Cuecas são mais baratas que calcinhas e sutiãs, isso quando são usadas..


Nenhum dos seus colegas de trabalho tem o poder de te fazer chorar.

Mais algumas razões definitivas por que é bom ser mulher


Você não precisa ser perfeita pra ouvir assovio na rua: basta usar uma saia mais curta.

Podemos ir ao trabalho de shortinhos e sandálias.

Não precisamos usar gravata.

Não somos obrigadas a usar sempre o mesmo modelo numa festa black tie.

Podemos usar tanto rosa quanto azul.

Nossa inteligência é compatível com a de qualquer homem, mas nossa aparência é melhor.

Podemos faltar o trabalho por motivo de menstruação.

Se matarmos alguém e provarmos que foi na TPM, isso serve como atenuante.

Somos capazes de prestar atenção em varias coisas ao mesmo tempo.

Sempre sabemos onde estão as meias.

Mulher de embaixador é embaixatriz; marido de embaixadora não é nada.

Mulher de presidente é primeira-dama; marido de presidenta é um zero a esquerda, mesmo que seja de direita.

Se casarmos com um herdeiro do trono, seremos rainhas; se um homem casa com uma herdeira do trono, será o marido da rainha.

Nunca broxamos e uma greve de sexo consegue qualquer coisa.

Não precisamos nos barbear e temos orgasmos múltiplos.

Podemos fazer sexo quantas vezes por dia quisermos.

Mulher grávida não entra em fila e as crianças sempre dizem “mamãe” primeiro.

O Dia das Mães é sagrado porque somos o lado vistoso do dimorfismo sexual. E ainda ficamos com a guarda dos filhos.

Sempre estamos presentes no nascimento dos filhos.

Xingar a mãe provoca mais raiva que xingar o pai.

Ninguém nunca ouviu falar de “Muso inspirador”.

Não nos desesperamos em frente a um campo de grama com uma bola e 22 mulheres.

Se nos agitamos em frente a um campo de grama com uma bola e 22 homens, provavelmente não é por causa do jogo…

Não precisamos abrir potes de conserva.

Não sofremos de neurose automobilística e seguro de automóvel é mais barato para mulheres.

São sempre os homens que dão gorjeta

Fazemos tudo o que um homem faz e, sofram vagabundos!, de salto alto!

terça-feira, julho 07, 2015

Algumas razões definitivas por que é bom ser mulher


Uma boa maquiagem disfarça qualquer imperfeição.

98% da indústria de cosméticos é voltada para nós e 90% da indústria da moda, também.

Se resolvermos exercer profissões predominantemente masculinas, somos “pioneiras”; se um homem resolve exercer uma profissão tipicamente feminina, é viado.

Nosso cérebro dá conta do mesmo serviço, mesmo com 6 bilhões de neurônios a menos, ou seja, nossos neurônios são mais eficientes.

Não somos obrigadas a servir o exército.

Não precisamos ir à guerra.

Carregamos sempre os pacotes mais leves.

Sentar de pernas cruzadas não dói.

Podemos ficar excitadas sem que ninguém perceba.

A idade não atrapalha nosso desempenho sexual.

Se somos traídas, somos vítimas; se traímos, eles são cornos.

Mulher sem grande apetite sexual é recatada; homem sem grande apetite sexual é “esquisito”.

Somos nós que somos carregadas na noite de núpcias.

Somos nós que decidimos quanto à reprodução.

Sempre sabemos que o filho é nosso.

Exame ginecológico é mais agradável que exame de próstata.

Somos a grande estrela no casamento.

A rede Globo torra milhões em novelas, só para nós.

A novela sempre tem um final adequado à nossa preferência; o futebol, nem sempre.

Não ficamos carecas.

Não sofremos de fimose.

Não pagamos a conta; no máximo, rachamos.

Não trocamos pneus.

Podemos dormir com uma amiga sem sermos chamadas de lésbicas.

Somos os primeiros reféns a serem libertados.

Temos prioridade em botes salva-vidas.

Temos um Dia Internacional.

Não investigamos barulhos suspeitos à noite.

Todo homem já apanhou de uma mulher (nem que esta tenha sido a sua mãe).

Namorado de amiga nossa pra nós é homem.

segunda-feira, julho 06, 2015

Por que a cerveja é melhor do que o homem?


A cerveja não joga futebol.

A garrafa de cerveja permanece sempre dura.

A cerveja só espirra se você chacoalhar.

A garrafa de cerveja tem tamanho ideal.

A cerveja não arranja desculpas no sábado à noite.

A cerveja não confunde os nomes.

A cerveja não vira de lado e começa a roncar.

Várias cervejas juntas não discutem futebol.

As cervejas não falam de outras mulheres.

A espuma da cerveja tem paladar agradável.

A cerveja não te troca pelo Edmundo.

A cerveja não larga meia suja no banheiro e não mija fora do vaso.

A cerveja não diz que não vai doer.

A cerveja não arrota nem fala de boca cheia na mesa.

A cerveja não deixa a tampa da privada levantada.

A cerveja não te deixa esperando a noite inteira.

A cerveja não reclama de almoço em casa de sogra.

Quando envelhece, a cerveja não fica careca, barriguda e mal humorada.

A cerveja não olha para outras mulheres.

A cerveja é sempre agradável.

É você quem sempre escolhe sua cerveja.

Você nunca se engana com uma cerveja.

Você pode passar a noite com várias cervejas sem que elas fiquem comentando.

Cervejas velhas não perdem a forma nem a consistência.

Você não irá engravidar de uma cerveja.

As cervejas não ficam te comparando entre elas.

A cerveja não fica dando palpites dispensáveis quando você dirige.

A cerveja não faz comentários idiotas.

A cerveja não é um ser inferior e recalcado.
A cerveja não coça o saco.

domingo, julho 05, 2015

Por que os cachorros são melhores que os homens?


(a pedido do leitor Amarildo Moura, o "Jabá", que queria um texto disposto a lavar a alma feminina)

1. Os cachorros comem Bonzo.

2. Os cachorros, quando treinados, mijam no lugar certo. Os homens passam a vida tentando.

3. Você não precisa levar cachorros nas festas da sua turma.

4. Os cachorros, quando dão uma "saída", não voltam pra sua cama.

5. Cachorros não babam no seu travesseiro limpo.

6. Cachorros não roncam no teu ouvido.

7. Cachorros não sabem manusear controle remoto da TV.

8. Os cachorros cultivam relacionamento.

9. A mãe do cachorro não cozinha melhor que você.

10. Cachorros não identificam que você engordou.

11. Cachorros adoram passear com você.

12. Cachorros não passam os domingos assistindo futebol.

13. Cachorros não mordem a própria dona.

14. Cachorros são leais, carinhosos, solidários e bem humorados.

15. Cachorros não reclamam quando você assobia para o cachorrão do vizinho da esquina.

16. Cachorros não precisam mudar de carro todos os anos.

17. Se você fechar a porta, o cachorro não entra no seu quarto.

18. Cachorros não se "lesionam" tentando jogar futebol.

19. Cachorros não ficam ridiculamente encantados com simples glândulas mamarias.

QUANDO OS CACHORROS SÃO IGUAIS AOS HOMENS:

1. Ambos gostam de te cheirar.

2. São totalmente dependentes da dona.

3. Não conseguem se expressar de maneira inteligível.

4. Transam com qualquer uma.

5. Quando estão com fome.

6. Quando ficam loucos com a perna da mesa.

QUANDO OS HOMENS SÃO MELHORES QUE OS CACHORROS


1. Quando ganham bem.